Loading...

terça-feira, 25 de março de 2014

Tenha cabolos de estrelas: 7 tratamentos para fazer em casa e no salão

 Os procedimentos para tratar os cabelos no salão, como hidratações e cauterizações, sofrem de um problema parecido com o dos alisamentos. Existem tantos que parece que cada estabelecimento inventou uma novidade. No meio de tanto nome, fica difícil saber qual deles vai salvar seu cabelo. Sem falar que, muitas vezes, procedimentos como cristalização, realinhamento e plástica capilar são apresentados como tratamentos, mas na verdade são escovas progressivas que podem fragilizar os fios. Preocupada? Então, fique de olho na tabela elaborada com ajuda do cabeleireiro Marlon Bruno Reis, do blog www.cabelosesonhos.com, do hair stylist Ricardo Cassolari, de TRESemmé, e da consultora Rosemeire de Oliveira Cairaro, do Instituto Embelleze, e descubra o que dá jeito nos seus fios!




1. Hidratação

Serve para: Repor água no interior dos fios, que ficam com as cutículas abertas pela perda cotidiana de umidade. Isso causa aspereza, dificuldade para desembaraçar e falta de brilho.

Indicação: Todo cabelo, inclusive o virgem.

Resultado: Cutículas fechadas, cabelo macio, suave, com balanço e um pouco de brilho.

Como fazer: Lave o cabelo com xampu, retire a maior quantidade possível de água com a toalha, aplique a máscara e deixe por 15 minutos. Enxágue e passe condicionador da linha.

Frequência: Entre uma e duas vezes por semana.

Preço: De R$ 40 a R$ 330 em média.



2. Cauterização a quente (ou queratinização)

Serve para: Reparar ligações no córtex do fio quebradas por procedimentos químicos. O principal ativo é a queratina.

Indicação: Cabelos quebradiços por causa da perda de queratina, provocada geralmente por relaxamentos à base de hidróxidos.

Resultado: Fios alinhados e mais fortes.

Como fazer: Varia. No geral, o produto à base de queratina é aplicado no cabelo limpo. Sem lavar, é seco e pranchado, dissolvendo a queratina para maior penetração no córtex capilar.

Frequência: No máximo uma vez por mês.

Preço: De R$ 120 a R$ 450.



3. Cauterização a frio

Serve para: Repor nutrientes perdidos pelos fios nos processos químicos e dar brilho.

Indicação: Cabelos tingidos, descoloridos, com mechas ou emborrachados (com elasticidade estranha, saindo facilmente na mão).

Resultado: Fios alinhados, com toque macio e brilho, além de controle da quebra.

Como fazer: Após lavar, aplique um fixador de pH no fio, que fecha as escamas. Enxágue e aplique creme de ativos variados, como aminoácidos, ceramidas ou óleos. Escove e pranche.

Frequência: De uma a duas vezes por mês.

Preço: A partir de R$ 90.




4. Reconstrução

Serve para: Reconstruir ligamentos dos fios quebrados por processos químicos.

Indicação: Cabelos alisados ou relaxados que ficaram finos e muuuito quebradiços.

Resultado: Fio grosso e forte (com aspecto de duro, mas sem frizz nem ponta dupla).

Como fazer: O líquido reconstrutor age por 10 minutos no fio lavado. Após enxágue, é feita massagem com creme, lavagem e escova (às vezes, chapinha).

Frequência: Uma vez por mês, pelo tempo indicado pelo profissional.

Preço: A partir de R$ 25.




5. Blindagem ou selagem

Serve para: Proteger o cabelo do desbotamento e impedir que absorva a umidade do ar, causadora do frizz. É aconselhável checar se o produto aplicado não é para alisamento.

Indicação: Fio tingido, com mechas e frizz.

Resultado: Maior duração da cor, redução do frizz e brilho.

Como fazer: Após lavar com xampu próprio, aplique máscara com nutrientes que seguram o pigmento nos fios. Enxágue, escove, passe prancha e óleo finalizador. Leva 50 minutos.

Frequência: Sempre que retocar a tintura (no mesmo dia ou até três dias depois).

Preço: Cerca de R$ 100.




6. Botox

Serve para: Preencher falhas ao longo do comprimento dos fios causadas pelo desgaste natural ou por processos químicos.

Indicação: Cabelos ressecados, geralmente muito oleosos na raiz e secos nas pontas.

Resultado: Textura uniforme, aspecto liso (mas com balanço), maciez e brilho.

Como fazer: Lave o cabelo com um bálsamo condicionador e aplique uma ampola líquida com ácido lático, elastina e colágeno (o trio repara o fio por dentro). Passe um termoativador, escove e não lave a cabeça por três dias.

Frequência: Uma vez por mês.

Preço: A partir de R$ 80.







7. Descongestionamento capilar

Serve para: Tratar o couro cabeludo, removendo a gordura produzida pelas glândulas sebáceas. É uma esfoliação na raiz dos fios.

Indicação: Fio oleoso ou com seborreia.

Resultado: Controle da oleosidade, da caspa e da coceira.

Como fazer: Com o cabelo limpo, separe mechas finas e aplique uma loção com lauril sulfato de sódio só no couro cabeludo, esfregando com o cabo de um pincel de tintura ou da escova. Não use as mãos.

Frequência: Toda vez que lavar o cabelo.

Preço: A partir de R$ 40, mas o ideal é que seja feito em casa.





Bom galeriinha espero ter ajuudadoo!! Bjss até mais!!


quinta-feira, 23 de maio de 2013

Como Pintar os Aplique ou perucas Sintéticas♥♥♥

      Hoje vou mostrar como pintar cabelo sintéticos, que serve tanto para mechinhas sintéticas como perucas de Cosplay.
Apesar de cabelo sintético vem em uma variedade de cores, você pode querer criar uma peça personalizada para chamar de seu, ou adicionar um tom novo a sua peruca sintética. Apesar de cabelo sintético escura não pode ser atenuado, Existem algumas opções para o tingimento de cabelo sintético de cor escura ou funky. 




Fibras Sintéticas

O cabelo sintético é feito de um plástico ou acrílico, que não podem suportar o elevado calor associado com muitos métodos de tintura. Usando o calor extremo ao tingimento pode deformar ou derreter cabelo sintético.

Cabelo corantes sintéticos 

Tingimento de cabelo sintético com tinta de tecido não irá remover a cor original, apenas adicionar a ele. Por exemplo, Se você tem cabelo vermelho sintético, suas opções para uma nova cor é roxa e laranja, pela adição de corante de tecido azul ou amarelo, respectivamente. Se você estiver olhando para criar sua própria cor, é melhor começar com branco ou platina cabelo sintético.

Tinturas de tecido  

Tinturas de tecido facilmente disponíveis, tais como RIT e Tintex são recomendados por MHRW Internacional para o tingimento de cabelo sintético. Para garantir uma cor profunda, o melhor é aplicar o corante na forma concentrada.

Cabelo gel colorido  

Gel para o cabelo pintado, como tintura dura por Manic Panic pode ser aplicada em cabelos sintéticos e vasculhado por uma cor sólida novo. O gel pode cobrir a cor do cabelo sintéticos existentes e lava-se facilmente.

Uso da tintura de cabelo 

Não só a tintura de cabelo vai regular nada fazem para alterar a cor do cabelo sintético, os componentes químicos da tintura de cabelo pode degradar ou dissolver a peruca. 


Como pintar:

Materiais:
 
Álcool (40 é pra escurecer,90 é pra pintar"clarear")
Nanquim (Também usam anilina de madeira)
Suporte
Borrifador
 
http://www.youtube.com/watch?v=DIFZ_kP1IGg
Lembrando que eu nunca tentei pintar minhas mechas,ainda vou pintar, então eu não me responsabizo por nada!
BjoOOO!!!